quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Produtos da agricultura familiar da Bahia participam de evento na Itália

Foto: Ascom/SDR

Produtos selecionados derivados do licuri, umbu, maracujá da caatinga, cacau e mel estarão expostos e para a comercialização durante o Terra Madre 2016, que começa nesta quinta-feira (22), em Turim, na Itália. A delegação baiana é formada por representantes da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e agricultores familiares.

 Organizado pelo Movimento Slow Food, o evento reúne 150 países, com uma programação diversificada, voltada para a produção de alimentos que se enquadrem nos princípios de qualidade, limpeza e preço justo. O Terra Madre acontece a cada dois anos e está na 7ª edição.

 O Brasil estará representado com um total de 30 produtos, sendo cinco deles da Bahia. Fóruns de discussão, venda de produtos, degustações, ecogastronomia, debates e visitas técnicas visando melhorar as fragilidades de alguns produtos serão realizados até a próxima segunda (26).

 O coordenador comercial da Cooperativa de Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc), José Gonçalves, participou de todas as edições do evento internacional e está levando o umbu nas versões de doce de corte e compota. “A expectativa com a participação no Terra Madre é de trocar experiências com outros empreendimentos e buscar novos e possíveis mercados na Europa”, destaca.

 Segundo Gonçalves, a participação em eventos é de suma importância porque contribui para o crescimento do empreendimento, além de ampliar os conhecimentos sobre alimentação e deixar um legado das culturas dos diversos participantes. Durante o evento, o superintendente da Agricultura Familiar (Suaf/SDR), Marcelo Matos, fará apresentação das ações do Governo da Bahia para a agricultura familiar. Matos participa ainda de uma visita de estudos na Região de Veneto, no período 27 a 29 de setembro.

Mutirão de Cirurgias atende população de Camaçari e outras cinco cidades da RMS

Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Diminuir a fila de espera por cirurgias eletivas - aquelas que permitem o agendamento da data para realização do procedimento, de uma forma ágil e eficiente. Esta é a proposta do Mutirão de Cirurgias, desenvolvido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (Sesab), que, a partir do dia 26, estará no município de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Entre os procedimentos cirúrgicos realizados estão retirada de mioma (miomectomia), de vesícula (colecistectomia) e de útero (histerectomia), além de cirurgia de hérnias inguinal, epigástrica e umbilical.

 A iniciativa é dividida em duas fases. Nos três primeiros dias do mutirão (de 26 a 28), serão realizados, no Centro Administrativo de Camaçari, exames pré-operatórios como eletrocardiograma, raio-X do tórax (nos maiores de 45 anos) e ultrassonogragia (USG), além de avaliação do médico e do anestesista.

 A segunda fase, que começa no dia 3 de outubro, é destinada à realização dos procedimentos cirúrgicos no Hospital Geral de Camaçari (HGC). Também serão atendidos pacientes encaminhados pelos municípios de Conde, Dias D’Ávila, Mata de São João, Pojuca e Simões Filho.

 O município de Ipiaú, no sul baiano, foi o primeiro a receber o Mutirão de Cirurgias, que começou no último dia 2 . Ao todo, a iniciativa promoveu 356 consultas e 746 exames pré-operatórios, que resultaram no agendamento de 254 cirurgias. O mutirão também ocorreu em outras duas cidades no mês de setembro. Em Jaguaquara, no centro-sul baiano, foram feitas 496 consultas e 312 cirurgias agendadas. Em Jequié, no sudoeste do estado, 342 consultas foram realizadas e 216 cirurgias agendadas.

CBPM disponibiliza novo levantamento aerogeofísico e cobre 100% da Bahia

A Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM) concluiu a análise dos dados e disponibilizou os produtos do levantamento aerogeofísico do Extremo Oeste do estado, alcançando 23 municípios inseridos na região. Com isso, o estado passa a ter 100% da área do seu território coberta por meio de levantamento aerogeofísico de alta resolução. Com o programa, a Bahia dá mais um passo para se firmar entre os maiores produtores de minérios do país, ao lado de Minas Gerais, Pará, Goiás e São Paulo.

 Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Jorge Hereda, a medida é mais uma iniciativa do governo estadual destinada a atrair novos investimentos para o setor. “A Bahia é hoje um dos estados mais bem estudados geologicamente do país, com todo o seu território mapeado”, revela o secretário.

 O levantamento cobriu uma área de quase 50 mil quilômetros quadrados, correspondente a cerca de 103 mil quilômetros lineares de voo. “Foi utilizado um multisistema aerogeofísico, configurado pelos métodos magnético e gamaespectrométrico”, explica o diretor da CBPM, Rafael Avena Neto.

 Para ter acesso aos dados, os interessados deverão acessar o site da CBPM (na página Geofísica na CBPM), onde estão todas as especificações referentes ao levantamento, tabela de preços e os procedimentos necessários para aquisição do material de interesse.

 Novas jazidas 

 De acordo com Avena, o trabalho dá continuidade à política de geração e disponibilização de informações da CBPM, possibilitando ao setor privado acesso a um grande volume de informações, que mostram oportunidades em busca da descoberta de novas jazidas minerais.

 “A CBPM acredita que os resultados a serem atingidos permitirão ampliar significativamente a participação do setor mineral na economia baiana, levando progresso para regiões onde outros segmentos teriam dificuldade para implantação”, diz Avena.

 Paralelamente, além da disponibilização do estudo, a CBPM está promovendo a redução dos preços de todos os produtos oriundos dos 37 levantamentos aerogeofísicos já realizados pela empresa no estado, buscando contribuir para facilitar a atração de novos investimentos no setor de mineração.

Pacientes do SUS podem fazer tomografia que detecta câncer

O diagnóstico precoce de um câncer pode significar a cura da doença. Foi pensando na produção de novos biomarcadores, que podem ser usados para prever quão agressivo é um câncer e, ainda, a identificação, em um determinado paciente, de quais terapias podem ser mais adequadas, que o Complexo Médico Delfin submeteu um projeto e foi contemplado no Programa Estadual de Incentivo à Inovação Tecnológica (Inovatec), da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (Secti).

 Como contrapartida social, a Secti garantiu que a entidade privada ofertasse, gratuitamente, a centenas de pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), a realização de tomografias por emissão de pósitrons computadorizadas (PET-CT), que utiliza glicose radioativa para determinar se há células cancerígenas e qual o grau da doença.

 Seguro e indolor, o procedimento só pode ser marcado mediante solicitação médica, por meio da Central Estadual de Regulação de Alta Complexidade da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), por meio dos telefones (71) 3117-5749 e (71) 3117- 5759.

Edição de aniversário da Feira da Praça neste fim de semana

Mais do que uma especial edição da Feira da Praça, envolvidos pelo clima de primavera, que traz a estação das flores, neste sábado e domingo (24 e 25 de setembro), das 11 as 21h, na Praça Padre Ovídio, onde tudo começou, se comemora um ano deste projeto, que nasceu de um simples desejo: reunir as famílias e amigos em uma praça de Feira de Santana e reviver a experiência de encontros em praças públicas. Tudo isso com uma diversidade de opções para entretenimento, gastronomia e cultura, um passeio do artesanato a bebida, da moda a decoração, da programação infantil até a revelação de talentos. 

A Feira de Praça, neste um ano de atividades, passou a ser uma exigência, para do calendário do feirense, como aqueles encontros com dia e hora marcada. Virou oportunidade de negócio para empreendedores virtuais, que como expositores da Feira, encontraram no evento uma oportunidade para mostrar o que fazem de melhor, seja aquele doce caseiro, uma receita especial, uma arte, enfim, um mundo de variedades, em uma praça. 

Para esta edição de aniversário estão confirmados mais de quarenta expositores de produtos diversos que primam pela qualidade, apresentação e preços especiais ofertados aos visitantes. Assim como como é um ponto de encontro para o público, para o empreendedor é uma porta de entrada no mercada. Através da Feira da Praça, surgiram empresas com pontos fixos, como ‘Coisas da Lily’, ‘Estação Gourmet’, ‘Sertões Cervejaria’ e outros ampliaram ou iniciaram seu negócio próprio a partir deste evento.

 Assim como na edição de agosto, neste mês de setembro a Feira da Praça conta mais uma vez com o artista urbano e grafiteiro KBÇA, que fará sessões de live painting durante os dois dias de evento, com leilão das obras no domingo (25). Para os apaixonados por quatro rodas, verdadeiras raridades estarão presentes no domingo, são mais de quarenta possantes em exposição. Outra novidade na programação vai deixar os beatlesmanicos na expectativa. No sábado (24) a banda cover do grupo inglês, a Cavern Beatles toca para o público. 

A criançada também terá espaço garantido só pra elas com atividades durante as tardes, oferecida pela Rabisque, Espaço de Brincar, ministradas pela professora Jeane Pinheiro. Crianças e adultos também vão curtir a experiência de brincar num simulador de montanha russa 3D. E como é bom levar os bichinhos de estimação pra passear, a FEIRA DA PRAÇA é o local ideal para os pets e eles terão expositores exclusivos com coisas de enlouquecer para os filhos de quatro patas.


PROGRAMAÇÃO FEIRA DA PRAÇA

 24 E 25 DE SETEMBRO 

SÁBADO (24) 

14:30h DJ Rodolfo

 16:30h Valdir Toca Raul Seixas 
18:30h Cavern Beatles

 DOMINGO (25)

 14h Soul Baiano 16h Marcel Torres e Camyla Pereira 

18h Vini e os Vinis

 PROGRAMAÇÃO INFANTIL

 SÁBADO (24) e DOMINGO (25) 

14:00 - Criação de Brinquedo de material reciclável – Peteca 

15:00 - Pintura e customização de bichinhos em gesso 

16:00 - Modelagem: Oficina de Argila - bichos 

17:00 – Pintura de Personagens Clássicos Infantis

 18:00 - Contação de Histórias: Todo Leão Precisa Ter Um Sábio Coração (Sandra Popoff)

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Obras de requalificação melhoram acessibilidade no Centro Antigo de Salvador

Foto: Ascom Dircas/Conder

O projeto Pelas Ruas do Centro Antigo é uma das primeiras grandes obras brasileiras de urbanização que segue as normas de acessibilidade e o desafio de implantar melhorias em ruas antigas. Com esse projeto, o Governo da Bahia vai proporcionar infraestrutura urbana em mais de 260 ruas, dos 11 bairros que formam o Centro Antigo de Salvador. Os serviços estão sendo executados pela Companhia de Desenvolvimento Urbano (Conder), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur).

 “As obras de requalificação urbana em várias ruas do Centro Antigo, incluindo o Centro Histórico e Pelourinho, têm em comum, além da valorização de áreas históricas da capital baiana, a proposta de garantir também acessibilidade para baianos e turistas que queiram circular e conhecer o berço da cultura baiana e sua importância na formação do povo brasileiro”, explica o gestor da Diretoria do Centro Antigo de Salvador (Dircas/Conder), Maurício Mathias.

 Serviços

 Aos poucos, as calçadas danificadas, obstáculos para quem quer circular pela região do Centro Antigo de Salvador, vão sendo alargadas, ganhando rampas de acessibilidade, piso tátil, travessias para pedestres, 13 quilômetros de ciclofaixas, além de faixa de serviços ao longo do passeio, onde deverão ser alocados postes, lixeiras e dispositivos de sinalização para facilitar o acesso de pedestres e pessoas com necessidades especiais.

 “Estamos trabalhando para deixar o Centro Antigo de Salvador ainda mais atrativo para os moradores e visitantes. As intervenções vão valorizar o que nós já temos, dando mais mobilidade e conforto para as pessoas”, enfatiza Maurício Mathias.

 Pelô Acessível 

 O Governo da Bahia implantou a rota acessível com intervenções de melhoria do acesso de baianos e turistas com deficiência ou mobilidade reduzida ao Pelourinho. O projeto Pelô Acessível - elaborado pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e executado pela Conder - compreende um circuito de 1,3 quilômetros de extensão, iniciando no Cruzeiro do São Francisco.

 Além da instalação de rampas na Fundação Casa de Jorge Amado e no Museu da Cidade, também foram alargadas as calçadas ao longo da Rua Gregório de Matos, que contornam o alto do Largo do Pelourinho, seguindo pela Rua Alfredo de Brito e terminando no Terreiro de Jesus.

SAC Mobile supera 6,5 mil downloads em uma semana

SAC Mobile

O SAC Mobile, aplicativo que auxilia o acesso aos serviços da Rede SAC por celular e outros dispositivos móveis, alcançou mais de 6,5 mil downloads em apenas uma semana de funcionamento. Lançado na última terça-feira (13), o aplicativo está disponível na App Store e Play Store, onde o usuário poderá fazer o download gratuito para aparelhos com os sistemas operacionais iOS e Android, respectivamente. Projeto da Secretaria da Administração do Estado (Saeb), o SAC Mobile é fruto de parceria entre a Coordenação de Tecnologia da Informação da Saeb e a Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb).

 Com o aplicativo, será possível agendar o atendimento em unidades da Rede SAC que contam com serviços por hora marcada e ainda verificar antecipadamente documentação, dados e informações necessárias para solicitar a emissão de um determinado documento ou a prestação de serviço. O usuário também poderá escolher o posto que estiver mais próximo de si e buscar o atendimento que lhe convier. Por meio da função de geolocalização, que pode ser habilitada pelo GPS do aparelho celular ou tablet, o cidadão será guiado até a unidade em tempo real, com indicações de distância e roteiro a serem seguidos.

 Outra facilidade que o SAC Mobile oferece é o acompanhamento da posição na fila de atendimento. Após a emissão da senha, será gerado um código, que registrado no aplicativo pelo usuário, permitirá ao cidadão saber quando se aproxima a sua vez de ser atendido. Desta forma, o usuário pode escolher entre esperar na recepção do posto ou a realizar outras atividades nos arredores da unidade SAC enquanto aguarda sua vez para atendimento.

 Acesso a informações 

 Os usuários do SAC Mobile ainda terão acesso a notícias e avisos divulgados no Portal SAC, endereços de todos os postos SAC e a lista de serviços, podendo também responder a uma pesquisa de satisfação, que avalia o atendimento prestado. Atualmente, a Rede SAC conta com mais de 700 serviços e 62 unidades de atendimento distribuídas em todo o estado.

 “Nossa expectativa é que em 90 dias tenhamos um milhão de downloads realizados, o que refletirá em mais praticidade no atendimento aos usuários da Rede SAC”, afirmaou o coordenador geral de TI da Saeb, Murilo Costa. Com a finalidade de dar suporte aos demais canais de atendimento da Rede SAC, a exemplo do Portal SAC e call center (0800 071 5353), o SAC Mobile tem o propósito de facilitar o dia a dia do usuário.

Festival Multiarte agita Centro de Cultura Adonias Filho, em Itabuna

Foto: Divulgação

A nona edição do Festival Multiarte Firmino Rocha segue até o próximo domingo (25), em Itabuna. Realizado no Centro de Cultura Adonias Filho, espaço apoiado pela Secretaria de Cultura do Estado (Secult), o evento é o maior encontro de artistas e espetáculos da região sul da Bahia. A programação inclui 54 apresentações de música, teatro e dança, exibição de nove produções de cinema e obras de 13 artistas plásticos, com entrada gratuita.

 No encerramento serão conhecidos os artistas e grupos premiados, que foram selecionados entre mais de 100 inscritos. “Nosso festival é muito amplo e tem uma coisa muito bacana, que é a capacidade de congregar no mesmo espaço artistas renomados e iniciantes, pessoas de Itabuna e pessoas de fora, com distribuição de prêmios para as melhores apresentações”, explica o curador do festival, Fernando Caldas.

 O festival premiará as categorias Melhor Teatro Infantil, Melhor Comédia e Melhor Drama; Melhor Ator e Melhor Atriz; Melhor Espetáculo de Dança Livre, Melhor Dança Clássica e Melhor Dança Contemporânea; também premiaremos Melhor Dançarino e Melhor Dançarina; Melhor Show de MPB Regional e Melhor Show de Pop / Rock; Melhor Cantor ou Cantora; Melhor Artista Plástico; Melhor Filme e Melhor Diretor.

 Todos os espetáculos têm entrada franca. O público está condicionado ao limite de capacidade da Sala Principal do Centro de Cultura, que é de 300 pessoas. “Neste ano, há um aceno dos organizadores de que não haja superlotação, num atento às próprias normas de segurança da casa. Sabemos que o festival em si já tem um público cativo, mesmo porque traz consigo torcidas organizadas, caravanas e tudo o mais”, afirma a professora Luciana Soares, diretora administrativa da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), entidade que produz o evento.

 Homenagem a Firmino Rocha

 O Festival Multiarte Firmino Rocha foi criado em 2001, por meio de lei municipal. O nome 'Firmino Rocha' se dá pela homenagem que a cidade de Itabuna presta ao poeta, natural da cidade (1910 - 1971), autor de diversas obras, entre as quais o poema 'Deram um fuzil ao menino', que se encontra publicado numa placa na entrada da Organização dos Estados Americanos (OEA), nos Estados Unidos. Firmino Rocha é considerado um dos maiores ícones da cultura grapiúna.

 Para os espetáculos do Multiarte, principalmente os de teatro, sugere-se cuidadosa observação das classificações indicativas. De quarta (21) a domingo (25), os espetáculos serão apresentados sempre das 8h às 22h, sendo que os espetáculos infantis estão concentrados na manhã da quarta-feira. Estima-se um público de cerca de 2 mil pessoas, nos seis dias.

Ponte Ilhéus-Pontal deve ficar pronta em dois anos

Governador Rui Costa visita às obras da Ponte Ilhéus - Pontal, no município de Ilhéus

O governador Rui Costa visitou as obras da ponte sobre o rio Cachoeira, na BA-001, conhecida como Ponte Ilhéus-Pontal, no sul da Bahia, na tarde desta quarta-feira (21). "Nós vamos ter realizado o sonho do povo de Ilhéus de ter uma nova ponte, melhorando a vida das pessoas e o tráfego, além do turismo. Nós vamos gerar mais empregos e receber mais turistas", afirmou Rui.

 Com um total de 533 metros, a ponte liga o centro de Ilhéus à zona sul da cidade e inclui um sistema viário de 2,74 quilômetros. O equipamento recebe investimentos de R$ 99,6 milhões e deve ficar pronto em dois anos. Quando concluída, a ponte terá um tráfego diário de 8,5 mil veículos, beneficiando 511 mil moradores dos municípios de Ilhéus, Itabuna, Una, Canavieiras, Buerarema, Itacaré e Uruçuca.

 Segundo o secretário de Infraestrutura do Estado, Marcus Cavalcanti, a empresa contratada já trabalha no aterro onde serão colocados os bate-estacas que vão fazer a fundação da ponte. “O equipamento principal para esta fundação já vai estar trabalhando aqui no final de outubro. A ponte faz parte de um sistema viário que vai melhorar o acesso do lado do Pontal e também aqui no Centro de Ilhéus. É uma ponte estaiada, belíssima, que vai estar de acordo com arquitetura e com a vocação turística que esta região tem”, afirmou.

Bolsa Esporte vai patrocinar time de Futebol de 5 do Instituto de Cegos da Bahia

Homenagem a atletas paralímpicos

O futebol de 5 da Bahia terá o apoio financeiro ampliado pelo Governo do Estado. Por meio do Programa Bolsa Esporte, atletas do Instituto de Cegos da Bahia (ICB) passarão a receber o auxílio para treinamento e participação em competições regionais, nacionais e internacionais. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa na tarde desta quarta-feira (21), durante evento de homenagem aos tetracampeões paralímpicos da modalidade, Jéferson Gonçalves (Jefinho) e Cássio Lopes, na sede da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

 De acordo com Rui Costa, a ampliação do programa é uma maneira de fomentar o esporte no estado, dando condições a um número cada vez maior de atletas de alcançarem resultados significativos na modalidade. “Eles são exemplos para a vida de cada um de nós. O que precisamos é reproduzir exemplos bons para serem seguidos. A equipe do Instituto de Cegos da Bahia com muito esforço chegou a ser hexacampeã brasileira. Ela é merecedora de um maior incentivo. Vamos em busca do hepta”, declarou o governador.

 Assim como os medalhistas olímpicos Jefinho e Cássio Lopes, que jogam pelo ICB, outros nove jogadores do Instituto terão apoio financeiro por parte do Estado. Para o atacante Selmir Nascimento, de 38 anos, o patrocínio do Bolsa Esporte renova a esperança de quem vive do futebol de 5. “A gente se enche de forças novamente para continuar o treinamento e lutando pelos nossos sonhos”, afirma o atleta.

 Conquista e homenagem

 O futebol de 5 brasileiro fez valer o favoritismo ao conquistar o tetracampeonato nas Paralimpíadas Rio 2016. Nesta quarta, os baianos Jefinho e Cássio Lopes receberam das mãos do governador Rui Costa placas de honra pelo triunfo, junto à seleção brasileira. “Para mim, como atleta e baiano, é uma honra ser reconhecido. Essa é uma das sensações boas depois de uma conquista. A gente chegar em casa e ser recebido pelo governo como campeão é maravilhoso”, afirma o atacante Jefinho, melhor jogador do mundo de futebol de 5 em 2010.

 O também medalhista Cássio Lopes reconhece a importância da homenagem para a consolidação da sua imagem como referência de luta e dedicação. O zagueiro que perdeu a visão aos 14 anos não desistiu de brilhar. “Não apenas dentro das quatro linhas, mas na vida também, tudo o que faço tento dar exemplo. Acredito que desta forma eu consiga plantar uma sementinha boa na vida de muitas pessoas”, revelou o atleta.

 Futebol de 5

 Com duração de 50 minutos, divididos em dois tempos de 25 minutos, o futebol de 5 é uma modalidade praticada apenas por atletas cegos, com exceção dos goleiros. Os times são compostos por cinco jogadores: um goleiro e quatro de linha, que usam vendas pra deixar todos em condições iguais, já que cada atleta tem um grau diferente de deficiência visual.

 As partidas podem ser jogadas em uma quadra de ginásio ou de grama sintética, com as mesmas medidas do futebol de salão. Nas laterais, são colocadas barreiras para que a bola não saia da linha. Para a orientação dos atletas durante as partidas, cada time conta com um chamador, que fica atrás do gol adversário. Nos momentos de cobrança de falta ou pênalti, ele bate nas traves com um objeto metálico para fazer barulho e indicar ao jogador a posição do gol.

 O silêncio também é regra do jogo. Ele é fundamental para que os atletas se guiem pelo som. Por isso, só é permitido que torcida se manifeste na hora do gol. A bola usada tem guizos no interior, para que os jogadores possam identificar sua posição pelo som.Desde 2004, quando o Futebol de 5 foi incluído nos Jogos Paralímpicos, o Brasil jamais foi superado. A equipe foi a única a conquistar medalhas de ouro na modalidade. Os atletas brasileiros subiram no degrau mais alto do pódio em Atenas (2004), Pequim (2008), Londres (2014) e Brasil (2016).

terça-feira, 20 de setembro de 2016

Revitalização de casarões do Centro Antigo preserva história da Bahia

Pelas Ruas - Pintura de Casarões

Preservar a memória de um determinado lugar significa estabelecer uma ponte entre o presente e o passado, manter vivos elementos fundamentais na formação da identidade cultural individual e coletiva de um povo. Sem essa memória, o homem se perde das suas raízes, se aliena de como as transformações sociais e culturais acontecem.

 Esta edição da série de vídeos ‘Pelas Ruas’, desenvolvida pela Secretaria de Comunicação Social do Estado (Secom), mostra a importância da revitalização de casarões e monumentos do Centro Antigo de Salvador, que além de ser uma prática de responsabilidade ambiental, ajuda a manter viva a história da Bahia

Museus celebram chegada da primavera com extensa programação

Plantio de mudas

Filmes, mostras, exposições, cursos, oficinas e ações artísticas fazem parte da programação da 10ª Primavera de Museus, que teve início nesta terça-feira (20), no saguão do Palácio da Aclamação, em Salvador. Realizado anualmente em instituições culturais em todo o país, o evento deste ano tem como temática ‘Memórias e Economia’. A iniciativa reúne 753 museus que oferecem mais de duas mil atividades. Na Bahia, a comemoração se entende até o fim da primavera, em 21 de dezembro. 

Como parte do início das atividades do Primavera de Museus, 20 mudas de palmeiras imperiais foram plantadas na área verde do Passeio Público. Ao todo, 250 árvores serão levadas aos museus da capital baiana e do interior durante a estação. “O plantio que fazemos aqui mostra a grande preocupação com a sustentabilidade do nosso planeta. É importante a gente passar essa ideia adiante para todas as pessoas. Esperamos um público estimado de oito mil pessoas ainda nessa semana visitando os nossos museus”, afirmou o diretor do Palacete das Artes, Murilo Ribeiro.

 Para o secretário de Cultura, Jorge Portugal, museus são células fundamentais da cultura e formação pessoal dos cidadãos. “É extremamente importante fazer com que as pessoas frequentem cada vez mais. Nossa campanha MusEuCurto aumentou em 60% a frequência de visitas de 2015 até hoje. Nessa primavera, esperamos que mais pessoas venham e descubram que esse espaço é sempre uma escola de portas abertas para que possamos conhecer melhor nossa história e nossa identidade”.

 A solenidade também comemorou os 50 anos do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac), que lançou aplicativo para aprimorar a gestão de bens culturais na Bahia. “Essa data é uma grande vitória. Nosso principal desafio agora é fazer com que um órgão antigo fique cada dia mais moderno. O aplicativo que estamos lançando hoje simboliza essa nova etapa, com ele as pessoas terão acesso à informação de nossos bens edificados e ao nosso parque imobiliário no Centro Histórico de Salvador”, afirmou o diretor do Ipac, João Carlos de Oliveira.

BA-400 será recuperada com investimento de R$ 18 milhões

Rui Costa em Esplanada

O turismo, a cadeia produtiva do petróleo e a agricultura do nordeste baiano foram impulsionados nesta terça-feira (20) pelo governador Rui Costa, no município de Esplanada, com a autorização para licitação da obra de pavimentação viária de trecho da BA-400, que possui extensão total de 38 quilômetros. A recuperação da rodovia que liga Cardeal da Silva, no entroncamento da BA-505, até a Linha Verde (BA-099), no povoado de Palame, vai contar com um investimento de R$ 18 milhões provenientes de recursos estaduais.

 “Estrada é sinônimo de desenvolvimento e potencializa o que cada região possui e essa região tem grande potencial no turismo e também força agrícola. Esses dois vetores de geração de emprego serão fortalecidos com a obra e o povo terá mais segurança para trafegar”, destacou Rui. A rodovia beneficiará mais de 100 mil habitantes dos municípios de Cardeal da Silva, Esplanada, Entre Rios e Alagoinhas, que utilizam a via para chegar às praias do litoral norte, em especial, a de Baixio. A pavimentação tem o objetivo de facilitar a logística de escoamento da produção e o fluxo de automóveis pela rodovia por onde passam, diariamente, mais de 850 veículos.

 Pavimentação 

 Rui Costa também entregou a pavimentação de vias na sede de Esplanada, reforçando o compromisso do Governo de recuperar a malha viária da Bahia. Desde 2015, foram investidos R$ 172,1 milhões para a recuperação e entrega de 333,8 quilômetros de estradas, beneficiando 1,1 milhão de baianos. A previsão é que esse número aumente, com mais 145,5 quilômetros entregues até o final do ano.

 Educação 

 Durante visita ao município de Esplanada, o governador também participou da reinauguração da Escola Municipal Dr. Antônio Carlos Magalhães, no centro da cidade. A instituição de ensino passou por reforma completa e já está pronta para garantir condições mais adequadas para o aprendizado. “A escola foi praticamente reconstruída, por isso eu quero parabenizar a administração municipal pela qualidade da instituição e por estar cuidando tão bem da Educação”, afirmou o governador.

 Segundo a diretora da escola, Elisane Cardoso, "a infraestrutura é muito importante para garantir um ensino de qualidade. Antes, o imóvel era velho e estava precisando de intervenções". Ao todo, a instituição conta com 12 salas de aula, biblioteca, laboratório de vídeo e informática e departamento administrativo. Toda a infraestrutura reformada significa uma importante mudança de contexto para os 738 alunos matriculados. "A escola era muito feia e suja. A gente não podia esbarrar na parede que manchava a farda. Agora a escola está linda. É um presente para nós alunos", destacou a estudante Rebeca de Jesus Oliveira.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Anvisa proíbe venda de prótese de silicone Nagor

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a importação, distribuição e comercialização do Implante Mamário Texturizado Nagor Preenchido com Gel, comercializado pela empresa Import Medic Importação e Exportação Ltda. A empresa terá que recolher todo o estoque do produto existente no mercado.

 A determinação da Anvisa foi baseada em análise do Instituto Falcão Bauer, organismo de certificação do produto, que verificou irregularidades na produção do implante mamário em questão. No último dia 15, a agência cancelou o registro do implante e hoje (19) a publicação noDiário Oficial da União suspendeu a importação e a distribuição do produto.

 A Agência Brasil procurou a Import Medic Importação e Exportação, mas não foi possível entrar em contato pelo número de telefone disponibilizado no site da empresa.

Agência  Brasil 

Vinte e três cidades baianas recebem alta conexão de internet

O processo que irá levar a alta conectividade da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) a localidades no interior dos estados, com destaque para os que compõem a região Nordeste, por meio da malha de alta tensão já existente, da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), será iniciado nesta segunda-feira (19), com a assinatura de um termo de cooperação entre as entidades. A solenidade ocorrerá na cidade do Recife (PE), com a presença do titular da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (Secti), Manoel Mendonça. Trata-se de mais uma investida do programa Veredas Novas.

 A Secti está acompanhando esse movimento e conseguiu inserir a Bahia no contexto do documento, beneficiando 23 municípios do interior. “São 100 gigabytes, em média, uma velocidade alta, que, se comparada à uma rede doméstica, pode ser superior dez mil vezes”, alerta o coordenador geral de Infraestrutura de TI da Secretaria, Grinaldo Oliveira, que acompanhará o secretário na solenidade.

 As tratativas que culminaram nesta ação foram ativadas no decorrer do Fórum do Conselho Nacional de Secretários para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação (Consecti), que, neste ano, foi realizado em março, na capital baiana. Essa ação está fixada no âmbito da nova fase do programa Veredas Novas, que recebeu o nome de Veredas Novas Estaduais.

 Caberá à Secti, ainda, uma vez que essa fibra chegue aos municípios, ligá-la aos pontos de interesse. “Inicialmente, pretendemos ligar aos campi da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), para, em seguida, conectar hospitais que desenvolvem pesquisas e escolas profissionalizantes estaduais”, esclarece Grinaldo. As cidades baianas que têm malhas da Chesf são: Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Brotas de Macaúbas, Caetité, Campo Formoso, Catu, Cícero Dantas, Dias D’Ávila, Eunápolis, Governador Mangabeira, Ibicoara, Irecê, Itapebi, Jaguarari, Juazeiro, Olindina, Salvador, Santo Antônio de Jesus, Sapeaçu, Senhor do Bonfim, Sobradinho, Teixeira de Freitas, Ubaitaba.

 Este processo caminha, em paralelo e complementarmente, ao avanço do Projeto Banda Larga Bahia, encabeçado pela Secti, que visa levar alta conectividade a todas as unidades da administração estadual, existentes no território baiano. A primeira fase do Banda Larga da Bahia, executada em parceria com a Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb), abrange 300 pontos localizados em Salvador e tem previsão para ser concluída em novembro deste ano. “Espera-se que, até o primeiro semestre de 2017, Salvador seja beneficiada com o dobro de ligações, chegando à marca total de 600 pontos”, destaca o Manoel Mendonça.

 Veredas Novas

 O Programa é uma iniciativa conjunta da RNP, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações e Comunicações (MCTIC), do Ministério da Educação (MEC), com apoio da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Superior (Andifes) e do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif).